• Jornal Esporte e Saúde

Ações solidárias beneficiam assistidos da Casa do Caminho



Dezembro é o mês da solidariedade. É quando o altruísmo toma conta dos corações das pessoas, que buscam fazer o bem sem olhar a quem. Mas, as ações voluntárias devem imperar ao longo do ano, afinal muitos necessitam de ajuda não somente nesse período.


Em Macaé, empresários e sociedade civil organizada se reuniram na última semana para tentar oferecer uma ceia mais digna às pessoas carentes. Ralph Barreto e Ronald Júnior, proprietários da boutique de carnes nobres e cortes especiais Xurrasclube, e o advogado LM Advogados, doaram carnes para as famílias dos assistidos da Ong Casa do Caminho, uma instituição filantrópica que há mais de duas décadas segue fazendo a diferença na vida de crianças, jovens e adultos que buscam um amanhã melhor, oferecendo a eles, em especial aos adolescentes e pré-adolescentes entre oito e treze anos, aulas de violino, violão, percussão e flauta doce, além do tradicional incentivo à educação ambiental.


Ela é caracterizada como uma instituição filantrópica não-governamental, sem fins lucrativos, e que tem a finalidade de oferecer assistência social por meio do incentivo à educação e ao trabalho, à saúde e à arte, promovendo os valores morais e estrutura familiar, além de promover a inclusão e o desenvolvimento social a partir de projetos de iniciação à profissionalização e ações que visam o conhecimento e a preservação do meio ambiente.


“Atualmente a instituição atende 50 famílias, totalizando 200 pessoas”, disse Leonardo, membro voluntário da instituição.


* Monalisa Fagundes de Sá\Assessora de Comunicação & Imprensa\MF Extrema Comunicação Integrada\foto: Divulgação.


31 visualizações0 comentário