• Jornal Esporte e Saúde

16ª Primavera dos Museus será aberta com exposição


A Exposição ‘Independência e Museus - Outros 200, outras Histórias’ começa na segunda-feira (19), às 10h. \ foto arte: Reprodução internet


A tradicional Primavera dos Museus, um projeto do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em parceria com museus de todo o país, em sua 16ª edição, contará mais uma vez com a participação do Solar dos Mellos – Museu da Cidade de Macaé. A programação, de segunda-feira (19) ao dia 23 (sexta-feira), abrange toda faixa etária escolar, da Educação Infantil ao Ensino Superior, e é aberta ao público.

O secretário de Cultura, Leandro Mussi, destaca a promoção de ações envolvendo diferentes segmentos artísticos da cidade. “Isso garante o verdadeiro resgate da nossa cultura. E mais, este evento reforça o compromisso de defender a nossa identidade e tradição, guardadas não só no Museu Solar dos Mellos, mas em todos os polos da Secretaria”, diz.

Já a diretora do Solar dos Mellos, Patrícia Barboza, ressalta que o evento tratará do bicentenário da independência do Brasil de Portugal, mas também de novas independências.“Independências que, ao decorrer do tempo e até hoje, lutamos para conseguir: a independência da mulher, da mulher preta e ainda, a conquista da liberdade de expressão e religiosa. São novos pensares, novas independências”, enfatiza.

Ela destaca as diferentes linguagens que serão utilizadas para se alcançar distintas faixas etárias de público. Vai haver teatro de fantoche com o tema ‘Independência’ para crianças da Educação Infantil e do primeiro segmento do Ensino Fundamental. Já para os alunos do segundo segmento do Fundamental, será exibido um vídeo educativo. Os estudantes do Ensino Superior serão público-alvo das palestras de lançamento de livros. Exposição ‘Independência e Museus - Outros 200, outras Histórias’ A 16ª Primavera dos Museus será aberta, na segunda-feira (19), às 10h, com a Exposição "Independência e Museus - Outros 200, outras Histórias", que apresenta em torno de 20 trabalhos de alunos do Ensino Médio do Colégio de Aplicação (CAp) da Secretaria de Educação de Macaé. A mostra inclui obras em diferentes técnicas como: desenho com grafite, desenho com lápis de cor, colagem, aquarela, desenho digital, pintura com tinta acrílica e técnica mista. A curadoria da exposição é do professor de Artes e artista plástico, Richardison Mello.“Os alunos vão apresentar imagens que representam nossa diversidade cultural, resgatando personagens e momentos marcantes da história brasileira e buscando, dessa forma, novos olhares para o futuro”, diz o professor que completa: “São trabalhos realizados por adolescentes, estudantes de escola pública de qualidade, que têm um olhar crítico para as questões que envolvem o país”.

Programação Na programação, estão ainda edições especiais de projetos regulares do museu para estudantes. Nos dias 20 e 23, às 9h e às 14h, haverá ‘Visita Guida’. No dia 21, também às 9h e às 14h, ‘Lugares de Memória’, no Forte Marechal Hermes. E, para o público em geral, encerrando a programação da 16ª Primavera de Museus, às 19h, ‘Curta no Museu’, apresentando ‘O Canto do Rio Macaé’, de André Pacheco, José Paulo e Rafael Costa, do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Nupem/UFRJ). Fora a exposição e as edições especiais dos projetos do Solar, haverá outro evento. No dia 22, às 18h, acontecem as palestras com lançamento dos livros ‘Educação das relações raciais no Ensino Básico, Técnico e Tecnológico’, do professor Doutor Jorge Luís Rodrigues dos Santos, e ‘Como pessoas comuns transformam fraquezas em forças’, da professora Doutora Gabriela Barreto de Oliveira.


* Jornalista: Andréa Lisboa \ Comunicação Macaé


Divulgação:







8 visualizações0 comentário